Até aqui nos ajudou o Senhor

Fique em Casa

10/06/2020

Mais uma reportagem para aqueles que ainda se opõem ao isolamento social, somente baseado no achismo. Um estudo do Imperial College, de Londres, estima que cerca de 3 milhões de vidas foram salvas na Europa em função do lockdown adotado em grande parte dos países do continente durante a pandemia da Covid-19. Os pesquisadores disseram que embora o isolamento divida a opinião pública eles tiveram um "efeito substancial" e reduziram a taxa de infecção para um índice inferior a 1 em maio. Essa taxa mede o número médio de pessoas para as quais um infectado pelo novo coronavírus pode transmitir a doença. No Brasil essa taxa está em 1/3 um infectado transmite para três outras pessoas. "Medir a eficácia dessas intervenções é importante, dados seus impactos econômicos e sociais, e pode indicar qual curso de ação é necessário para manter o controle", diz o estudo. Uma aplicação inversa pode ser aplicada no país, em todos os locais onde houve o relaxamento do isolamento ocorreu aumento significativo de casos e o pior ocupação de leitos de UTIs.