São Paulo fecha parceria que permitirá o inicio da produção da vacina contra a Covid-19  no estado

12/06/2020

De acordo com o governador de São Paulo, João Dória, o estado vai começar a produzir uma vacina contra o novo coronavírus em parceria firmada entre o instituto Butantã e o laboratório internacional Sinivac Biotech da China. O governador publicou no seu Twitter ''Hoje é um dia histórico para a ciência no Brasil e em SP, ao anunciar que São Paulo vai produzir a vacina contra o coronavírus, através de parceria entre o Instituto Butantã e o laboratório internacional Sinovac Biotech''. A vacina é uma das que estão sendo desenvolvida e em estágio avançado de testes em todo o mundo. O Brasil já entra na fase três dos testes. "O maior benefício do acordo anunciado hoje, é a transferência de tecnologia para a produção nacional da vacina, que irá salvar a vida de milhares de brasileiros. É a ciência que vai salvar vidas". O estado irá investir mais de 85 milhões de reais para a realização e desenvolvimento das pesquisas da vacina. A capacidade de produção será em larga em escala, para atender toda a população brasileira. A previsão é que a vacina esteja disponível em julho de 2021 e provavelmente será distribuída pelo SUS. A Coronavac, como foi batizada será de domínio do Instituto Butantã.