Chega a 51,5% o percentual do desemprego no país

16/06/2020

Uma pesquisa realizada pelo Ipea (Instituto de Pesquisa Econômica Aplicada) e publicada na edição de domingo (14) dos principais veículos de comunicação do país, apontam que a o desgoverno da política econômica, associada à falta de rumo no combate a pandemia do novo coronavírus, levou que mais da metade da população em idade ativa no país ficasse desempregada. Desde abril, os dados apontam que 51,5% da população nessa faixa estava desempregada no período. Entretanto não adianta colocar na conta da pandemia o mal desempenho da equipe econômica do governo, que embora tenha conseguido avanços que nenhuma outra conseguiu, como por exemplo a tão falada "Reforma Previdenciária", conseguiu pôr a economia no eixo. No final de 2019 a equipe festeja um tímido avanço no índice de ocupação, que nós diagnosticamos como sazonal em razão do aumento comum de vagas de fim de ano. Nossa análise se mostrou acertada, na medida que subimos de 11,2% em janeiro para 12,5% em abril o índice de desemprego. Índices esses que acompanham os já indicados pelo IBGE através da Pnad Contínua e pelo CAGED (Cadastro Geral de Empregados e Desempregados). Lembrando que que o IBGE utiliza dados trimestrais, neste caso o período de fevereiro a abril, abrange um mês em que a epidemia ainda não tinha se instalado no Brasil.