28% dos veteranos americanos que aceitaram testar a cloroquina morreram durante a pesquisa

23/04/2020

Se liga nessa informação, segundo pesquisadores americanos a cloroquina, medicamento anunciado por Donald Trump e Jair Bolsonaro, como 'o' tratamento contra a covid-19, de acordo com extensa analise se seu uso em hospitais de veteranos nos EUA, demonstrou não funcionar. Os pesquisadores afirmam que, houve mais mortes entre aqueles que receberam hidroxicloroquina do que aqueles que receberam tratamento padrão. O experimento não foi o mais rigoroso segundo os estudos, mais com 338 pacientes, é a maior testagem até o momento, o estudo foi submetido ao New England Journal of Medicine. Financiado por doações dos Institutos Nacionais de Saúde dos Estados Unidos e da Universidade da Virgínia, os resultados mostram que a hidroxicloroquina não fez diferença na necessidade de um respirador artificial, para os pacientes. Aproximadamente 28% dos que receberam hidroxicloroquina além dos cuidados habituais morreram, contra 11% daqueles que receberam apenas cuidados de rotina. A pesquisa não levou em consideração efeitos colaterais, os pesquisadores dizem "há muito que se sabe que a droga tem efeitos colaterais potencialmente graves, incluindo a alteração dos batimentos cardíacos de maneira a causar morte súbita". Em algumas situações o medicamento até apresentou algum resultado só que a conclusão é a mesma daqui do Brasil, os números são insignificantes e os resultados inconclusivos.