MS queria 46,2 milhões foram distribuídos 2 milhões de testes e o novo ministro já fala em mais de 90 milhões. É sério?

23/04/2020

Por muitas vezes já falamos que de acordo com as recomendações dos órgão sanitários mundial, a testagem em massa é um dos principais pontos para balizar o fim do isolamento social. O MS pretendia realizar 46,2 milhões de testes, mas até agora só distribuiu ao estados 2 milhões de testes rápidos aos estados.Pela previsão dessa primeira fase já era para ter distribuído 23,9 milhões de unidades. O ministro Teich anunciou que a meta era dobrar o número inicial. "Seria cômico se não fosse sério". O MS entregou 2 milhões de 46,2 prometido e quer aumentar para mais de 92 milhões. De acordo com o titular da pasta, a medida é um pilar do projeto "que já está sendo feito" de revisão do distanciamento social. Se é assim o fim do isolamento pretendido pelo presidente ainda tá longe. "Teste em massa não significa testar a população toda. A gente vai usar teste de forma que pessoas examinadas vão refletir a população brasileira", disse Teich em vídeo enviado pela equipe de comunicação do ministério. Realmente aqui no Brasil, seria impossível testar toda a população, mais um percentual que gere tranquilidade seria o mínimo. Hoje 76% da população é a favor do isolamento. Na boa, você mandaria seu filho de volta à escola amanhã?