Até aqui nos ajudou o Senhor

Má gestão coloca o Brasil fora da OCDE

08/05/2020

Ao que tudo parece, o alvo prioritário da política externa do governo Bolsonaro que era a entrada do país para a OCDE (Organização de Cooperação e Desenvolvimento Econômico), vai ruir. Os 36 países membros deste clube seleto, acabam de jogar um balde de água gelada nessa pretensão. O OECD Economic Survey of Brazil 2020, documento prévio que analisa a proposta do país pretendente a participar da Organização, vazou para a imprensa e revelou que a organização tem sérias críticas ao governo Bolsonaro. O atual chefe do grupo de trabalho anticorrupção da entidade Drago Kos afirmou que o presidente tem algumas explicações a dar, o desembarque de Sergio Moro do governo, sua suposta ingerência na polícia federal, as medidas de combate ao novo coronavírus, amplamente sabotada por ele, seu descaso com a proteção da Amazônia e a fragilidade das estruturas anticorrupção, em especial as investigações que envolvem pessoas diretamente ligadas ao presidente. Kos ainda conclui que a Organização deixa bem claro que está longe de avalizar os desmandos do governo, aceitando o ingresso do Brasil.