Presidente, vice e empresários terão que explicar sobre fake news durante campanha 2018

02/06/2020

No âmbito do TSE (Tribunal Superior Eleitoral), ministro Og Fernandes, deu três dias para que Jair Bolsonaro, general Hamilton Mourão e empresários ligados ao possível impulsionamento de fake news durante as eleições de 2018 prestem informações sobre o caso. A ação foi feita com base em pedido do PT, que soma-se a outras oito ações, que denuncia uma máquina de mentiras nas redes sociais e em aplicativos para eleger Bolsonaro. O PT pede o compartilhamento de informações das apurações do inquérito sobre as fakes news que atacam o STF e seus membros e de dados apurados nos 29 mandados de busca e apreensão. Agentes da corporação cumpriram os 29 mandados, atingindo 17 pessoas. Depois do prazo, "com ou sem resposta", o corregedor determinou que o Ministério Público Eleitoral seja ouvido também em três dias.