Até aqui nos ajudou o Senhor

Não adiantou pedir, as provas da operação contra as fakes news poderão ser usadas nas ações eleitorais

14/06/2020

As provas que compõem o inquérito das fakes news, que tramitam no STF , e que tem como relator o ministro Alexandre de Moraes. Podem ser compartilhadas com as ações de Investigação Judicial Eleitoral em curso no TSE, essa é a decisão do ministro Og Fernandes do TSE. De acordo com Fernandes caberá ao relator do inquérito no STF, quais conteúdos se conectam. Esse era sem dúvida um dos temores do governo que chegou a requerer que as provas não fossem compartilhadas. O ministro Alexandre Moraes pode não concordar em compartilhar as provas, mas caso concorde, devem ser encaminhadas ao TSE apenas os 'elementos de prova que eventualmente guardem pertinência com o objeto da presente demanda, segundo análise exclusiva do próprio Moraes que é conhecedor do inteiro teor de provas já produzidas. Uma questão "será que isso é esticar a corda"?