Pazuello e o estado de Porto Velho

16/06/2020

Depois de tentar associar o avanço da pandemia no país, com condições climáticas imaginárias. O ministro (interino) da Saúde, general Eduardo Pazuello, cometeu mais uma gafe no sábado (13), quando se referiu a cidade de Porto Velho, capital de Rondônia, como estado. Em entrevista exibida pela CNN, ao citar locais que iria pessoalmente nos próximos dias para verificar a situação da pandemia de coronavírus, Pazuello disse. "A ida ao Acre tem a ver com a compreensão de que estados como 'Porto Velho', Acre e Amapá ainda podem estar numa fase diferente de outros estados. Vamos pessoalmente levar que temos de funcional", disse. Como já dizia um antigo dito popular... "errar é humano, permanecer no erro é burrice", não é a primeira falha do general que deve ter faltado às aulas de geografia.