Até aqui nos ajudou o Senhor

Sociedade Brasileira de Infectologia divulga documento 'Tratamento com Hidroxicloroquina precisa ser abandonado' 

18/07/2020

A Sociedade Brasileira de Infectologia (SBI) divulgou documento nesta sexta-feira (17) que reforça que estudos recentes apontam cientificamente a ineficácia da hidroxicloroquina no tratamento de Covid-19.

O órgão cobra a exclusão do fármaco do tratamento em qualquer fase de pacientes com a doença provocada pelo novo coronavírus. A posição coloca em xeque os esforços do governo Jair Bolsonaro que tenta a todo custo impor o medicamento como forma de tratamento da doença.

"Com essas evidências científicas, a SBI acompanha a orientação que está sendo dada por todas sociedades médicas científicas dos países desenvolvidos e pela Organização Mundial de Saúde (OMS) de que a hidroxicloroquina deve ser abandonada em qualquer fase do tratamento da Covid-19", cobra a SBI.

A sociedade enfatiza ainda que as evidências mostram que é "urgente e necessário" tirar o fármaco da lista do tratamento e cobra que "os agentes públicos, incluindo municípios, estados e Ministério da Saúde reavaliem suas orientações de tratamento, não gastando dinheiro público em tratamentos que são comprovadamente ineficazes e que podem causar efeitos colaterais."

Reportagem: Brasil 247