Até aqui nos ajudou o Senhor

Ultima ordem do ex ministro Mandetta foi que todos auxiliassem o novo Ministro

18/04/2020

O novo ministro da Saúde Nelson Teich,que assumiu quinta-feira (16) o lugar do Mandetta, despedido por Bolsonaro por não pactuar com suas ideias, que a economia vem primeiro que a saúde. Vai ter uma longa estrada pela frente, o presidente Bolsonaro, para que a coisa se mantenha de acordo com as suas orientações, nomeou o contra-almirante Flávio Rocha, chefe da Secretaria de Assuntos Estratégicos (SAE) da presidência, como um interventor, para ajudar na transição do Ministério da Saúde. Na manhã de ontem (17) na portaria do Palácio da Alvorada, Bolsonaro afirmou que Teich "vai nomear boas pessoas, eu vou indicar algumas pessoas também, porque é um ministério muito grande". O ex ministro Mandetta, ao anunciar sua demissão, se colocou à disposição do novo ministro para ajudar na transição e recomendou que alguns auxiliares possam ficar no cargo, evitando um "apagão" no corpo técnico dentro da pasta. "Não é apenas um pedido de amigo, é minha última ordem como ministro". Quem tem ética, TEM!