Até aqui nos ajudou o Senhor

Um ano após a cura do HIV, "paciente de Londres" resolve tornar publico o feito. 

11/03/2020

Uma centelha de esperança reacende para comunidade científica. A um ano, em março de 2019, os médicos londrinos anunciaram a cura de um paciente portador do HIV. O "paciente de Londres" como ficou conhecido resolveu tornar pública sua identidade e sua história. De acordo com ele "Eu quero ser um embaixador da esperança." Adam Castillejo, 40 anos. Nascido na Venezuela, vive em Londres há quase 20 anos e segundo ele vivia uma posição muito humilhante. Adam é o segundo caso de cura do vírus o outro paciente que ficou conhecido como "paciente de Berlim" é Timothy Ray Brown e o fato aconteceu a 12 anos atrás. O sucesso do tratamento de Adam, revitalizou os cientistas que começaram a questionar se o caso de Brown era um acaso, como muitos acreditavam. É possível buscar estratégias para curar a infecção pelo HIV, dizem os cientistas de Londres.