Policia Militar de Minas Gerais frustra sequestro de recém-nascida

27/05/2020

Momentos cinematográficos na cidade de Manhuaçu, na Zona da Mata Mineira, quando uma mãe viveu momentos de pânico dentro da Maternidade do Hospital César Leite. Uma mulher de 26 anos, se passou por enfermeira da unidade e retirou a bebê dos braços da mãe sobre o pretexto de levá-la para ser medicada pela pediatra. Apesar de não estar uniformizada nem com nenhuma identificação ela não levantou suspeita e a mãe da recém-nascida entregou a criança. Em razão da demora do retorno da falsa enfermeira com a criança, a mãe perguntou a outra enfermeira se o procedimento ainda iria demorar, e nesse momento as duas perceberam que havia ocorrido um sequestro. A Polícia Militar foi acionada e deu início a uma investigação que levou os militares a cidade de Durandé , ao povoado de São João da Figueira, onde encontraram a falsa enfermeira no quarto de sua residência com a recém-nascida. Inicialmente ela tentou convencer aos militares que se tratava de sua filha e que havia acabado de dar a luz e chegado do hospital. Os militares retornaram com a bebê para ao hospital onde foi reconhecida pela mãe e pelas enfermeiras do setor. Sem nenhuma lesão aparente a menina foi devolvida a verdadeira mãe e a raptora conduzida a Delegacia de Polícia Civil. Um final feliz em razão da rápida atuação da Polícia Militar de Minas Gerais.