Quem acredita em contos de fadas

09/04/2020

Quem esperava algo diferente, também acredita em contos de fadas. O vice-procurador-geral da República, Humberto Jacques de Medeiros, arquivou todos os pedidos de denúncia contra Jair Bolsonaro em razão da sua postura em meio à pandemia de coronavírus. O ministro do STF Marco Aurélio Mello encaminhou a PGR, o pedido de análise de uma notícia-crime contra o presidente em razão dos constantes desrespeitos às medidas sanitárias e de combate ao coronavírus no país. Em uma das ações o deputado federal mineiro Reginaldo Lopes, pedia que se aceitasse a denúncia de conduta irresponsável e tenebrosa, que colocava em risco a saúde de cidadãos brasileiros. Entretanto para o vice-procurador Humberto Jacques de Medeiros, não há como imputar, nenhum crime contra Bolsonaro. Não houve descumprimento de medida sanitária preventiva diz Medeiros, porque "não havia uma ordem dessa natureza vigorando" e não havia notícia de prescrição médica de medida de isolamento para o presidente. Se os protocolos vigentes, entre eles as medidas de isolamento (distanciamento) social, não são medidas sanitárias preventivas. O que então será, em senhor vice-procurador?