Até aqui nos ajudou o Senhor

Weintraub o maior falastrão do governo

17/04/2020

"Você pode enganar poucas pessoas durante algum tempo, mas você não consegue enganar todo mundo durante muito tempo. A verdade está aparecendo aí: a hidroxicloroquina funciona, essa quarentena foi precipitada? Não tá aparecendo a pilha de mortos que tinham falado que iria aparecer". Essas foram declarações do ministro da Educação, Abraham Weintraub, em entrevista à rádio Guaíba ontem(16). Mas uma fala infeliz e sem nenhum respaldo técnico ou científico. Ao contrário das afirmações do ministro, o tratamento com a hidroxicloroquina, tem sido abandonado pela maioria dos países em razão de fortes efeitos colaterais que podem levar a morte. Os resultados que o ministro cita, de não estar aparecendo pilhas de corpos, se dá exatamente pela implementação do isolamento social. Fato devidamente comprovado com a desaceleração das mortes na Itália depois de sua implantação, além do que, isolamento não quarentena como ele cita. Uma outra fala irresponsável gerou um pedido de abertura de inquérito feito pela PGR, para investigar o crime de preconceito, em uma declaração contra a China. Questionado sobre esse inquérito o ministro respondeu, "Pode ver minha cor, minha cor é escura. Eu sou um vira-lata, pé-duro. Eu não sou racista". O ministro mostrou mais uma vez seu completo desconhecimento ao usar o termo racista, para negar o crime de preconceito.