Até aqui nos ajudou o Senhor

Se MP não se acovardar Jefferson pode ser preso novamente

10/05/2020

Sumido do publico, escondido em uma pequena cidade do Rio de Janeiro por anos, o mais novo aliado do presidente, Ex-deputado Roberto Jefferson defendeu no Twitter, portando um fuzil, que Bolsonaro "demita" os 11 ministros do STF. Jefferson diz "Bolsonaro, para atender o povo e tomar as rédeas do governo, precisa de duas atitudes inadiáveis: demitir e substituir os 11 ministros do STF, herança maldita. Precisa cassar, agora, todas as concessões de rádio e TV das empresas concessionárias GLOBO. Se não fizer, cai". E concluiu, "Estou me preparando para combater o bom combate. Contra o comunismo, contra a ditadura, contra a tirania, contra os traidores, contra os vendilhões da pátria. Brasil acima de tudo. Deus acima de todos". Jefferson cometeu a prática de um crime gravíssimo, previsto no artigo 23, da lei de segurança nacional: "Incitar à subversão da ordem política ou social". Esperamos que o MP não se acovarde, e enquadre o ex-deputado.