Até aqui nos ajudou o Senhor

Doença Misteriosa faz primeira vitima em Juiz de Fora

09/01/2020

O paciente internado em Juiz de Fora com a doença misteriosa que assusta o estado, teve o óbito confirmado na noite de ontem (7). Paschoal Demartini Filho, de 55 anos, estava internado na Santa Casa de Misericórdia de Juiz de Fora, na Zona da Mata mineira. A causa continua um mistério, a filha dele, Camila Demartini, confirmou o óbito à reportagem e disse que seu marido Luiz Felippe Teles Ribeiro, de 37, também enfrenta os mesmos sintomas. Luiz está internado em Belo Horizonte. De acordo com Camila a família não sabe explicar a razão da mal súbito dos dois. De acordo com seu relato no dia 22 de dezembro (domingo), a família se reuniu na piscina do prédio onde o casal mora, no Buritis, para fazer uma confraternização. "Fizemos um churrasco aqui no prédio. Meu pai e meu marido estavam. Comemos picanha, medalhão, salsichão. Bebemos cerveja. Todos comemos. Mas, na segunda-feira seguinte ao evento, Felipe começou a passar mal. Teve febre, dor no corpo e diarreia. Na quarta-feira, o mesmo ocorreu com o meu pai", relatou a farmacêutica nesse domingo. "É a mesma comida que comemos sempre, compradas nos mesmos lugares (dois supermercados diferentes). Muitos me perguntaram se era comida japonesa, mas não foi o que comemos. Nada que tivesse, aparentemente, estragado. Eu comi, minha mãe comeu, amigos comeram. A bebida é a que sempre bebemos. Por isso, é um mistério. E o que liga os quatro casos do Buritis? Eu não sei te falar", desabafou.