Avaliação de desempenho coloca governo Zema em penúltima colocação

16/01/2020

Dados de avaliação de desempenho dos governadores brasileiros realizada pelo portal G1,  revelam que o governador de Minas Gerais, Romeu Zema (Novo), é o penúltimo no ranking de avaliação dos gestores do Executivo estaduais. Em 26º lugar, Zema ganhou apenas do governador do Acre, Gladson de Lima Cameli (PP). Liderando ranking aparece o governador do Espírito Santo, Renato Casagrande. Ele conseguiu cumprir 44,11% dos compromissos assumidos com os eleitores capixabas. Zema, por sua vez, cumpriu meros 7,14% das propostas de governo. Que Minas Gerais está com cofres vazios não é novidade para ninguém, nem mesmo para o governador, que sabia a situação calamitosa do estado quando se candidatou - e, por conseguinte, elaborou suas promessas numa eventual eleição. Além disso, outros estados em situação semelhante à de Minas, como é o caso do Rio de Janeiro, obtiveram maior êxito no cumprimento - Wilson Witzel, por exemplo, cumpriu 12,06% do que prometeu e aparece em 21º lugar no ranking. Das 14 promessas feitas por Zema, nove não foram cumpridas ainda e três foram parcialmente cumpridas. A única promessa cumprida em sua totalidade foi a de não aumentar a carga tributária, que até o momento ainda não aconteceu.

As promessas feitas e não cumpridas ainda são:

Criar o cartão estudante para alunos que se destacarem, concedendo incentivos ao aluno com bom desempenho

Conceder recursos para estudantes de baixa renda usarem em produtos educacionais

Fazer parcerias com o setor privado para complementar o atendimento feito pelo SUS

Implantar prontuários eletrônicos e implementar centros de atendimento online

Fazer com que os equipamentos da saúde sejam administrados por OSs e por PPP

Integrar os centros de saúde a hospitais regionais de maior porte com gestão privada

Adotar o uso de aplicativos em celulares com câmeras acoplados aos coletes de policiais para gravem suas ações

Integrar cooperativas, associações e consórcios intermunicipais para contratar serviços de segurança privada na área rural

Confira o ranking completo do desempenho dos governadores:

Casagrande - Espírito Santo - 44,11%

Wilson Lima - Amazonas - 43,90%

Camilo - Ceará - 31,57%

Moisés - Santa Catarina - 30,76%

Azambuja - Mato Grosso do Sul - 29,16%

Belivaldo - Sergipe - 25,92%

Caiado - Goiás - 23,80%

Eduardo Leite - Rio Grande do Sul - 23,52%

João Doria - São Paulo - 22,97%

Flávio Dino - Maranhão - 22,41%

Ibaneis - Distrito Federal - 21,42%

Wellington - Piauí - 20,75%

Câmara - Pernambuco - 20,00%

Barbalho - Pará - 18,00%

Ratinho - Paraná - 17,42%

Carlesse - Tocantins - 17,24%

Marcos Rocha - Rondônia - 15,38%

Rui Costa - Bahia - 13,19%

Fátima - Rio Grande do Norte - 13,20%

Renan Filho - Alagoas - 12,82%

Witzel - Rio de Janeiro - 12,06%

João Azevedo - Paraíba - 12,04%

Mauro Mendes - Mato Grosso - 11,11%

Denarium - Roraima - 9,75%

Waldez -Amapá - 8,33%

Zema - Minas Gerais - 7,14%

Gladson - Acre - 5,88%

Colaboração. Jornalista Roberto Desidério