Até aqui nos ajudou o Senhor

Mercedes Benz não deve permanecer em Juiz de Fora em 2020

08/11/2019
Foto Divulgação/Arquivo Fernando Priamo
Foto Divulgação/Arquivo Fernando Priamo

A Mercedes Benz pretende transferir 200 trabalhadores da fábrica de Juiz de Fora para São Bernardo do Campo, em São Paulo. As transferências estão previstas para janeiro de 2020. Esses trabalhadores trabalham na produção do caminhão Actros, que também será levada para a planta de São Paulo em agosto. No entanto o número de 200 trabalhadores, não contempla o número de funcionários atual de 350. Por conta disso a Mercedes Benz estuda outras alternativas para atender os demais. Cogitando por exemplo à abertura de um novo turno para a montagem e pintura nas cabinas na unidade juizforana. Além de um programa de demissão voluntária. A Prefeitura de Juiz de Fora, por meio da Secretaria de Desenvolvimento Econômico, Turismo e Agropecuária (Sedeta), lamentou a transferência dos funcionários da unidade local da Mercedes-Benz para São Bernardo do Campo. "Ressaltamos que a empresa é uma grande empregadora do município e tem sido foco da atuação da Prefeitura e do estado de Minas. Desde a sinalização da possibilidade de transferência de atividades da empresa para outro estado, várias reuniões foram realizadas, inclusive envolvendo o Legislativo estadual e municipal, para discutir questões tributárias e de infraestrutura de interesse da empresa", afirmou em nota. "No entanto, entende-se que alguns fatores envolvidos na tomada de decisão fogem ao controle do Poder Público. A Prefeitura espera que tudo o que foi discutido junto à Mercedes seja de interesse, e que a empresa continue investindo no município, como fez nos últimos 20 anos."