Até aqui nos ajudou o Senhor

Sem razão para dar opinião o general Heleno poem por terra acordo firmado com o legislativo pelo general Eduardo Ramos. Quem tem mais medalhas!

20/02/2020

O ministro do Gabinete de Segurança Institucional, general Augusto Heleno, demonstrou irritação com um acordo articulado pelo ministro da Secretaria de Governo, general Luiz Eduardo Ramos, sobre o controle da execução de emendas parlamentares ao Orçamento. "Nós não podemos aceitar esses caras chantagearem a gente o tempo todo. F***-se", disse Heleno, que participou de uma cerimônia no Palácio da Alvorada. O ministro Ramos trabalhou por um acordo que pudesse agilizar as execuções das emendas, e o general coloca a perder. O ministro Ramos tinha anunciado o acordo junto com os presidentes da Câmara dos Deputados, Rodrigo Maia (DEM-RJ), e do Senado, Davi Alcolumbre (DEM-AP). haveria alguns entraves a serem vencidos, nada que atrapalhasse as execuções das emendas, desde que o governo tivesse "diplomacia" e ai tá difícil. O presidente da câmara Rodrigo Maia considerou, "É uma pena que o ministro (Heleno) com tantos títulos tenha se transformado num radical ideológico contra a democracia, contra o Parlamento. Muito triste. Não vi por parte dele nenhum tipo de ataque quando a gente estava votando o aumento do salário dele como militar da reserva", Geralmente, na vida, quando a gente vai ficando mais velho, a gente vai ganhando equilíbrio, experiência e paciência. O ministro, pelo jeito, está ficando mais velho e está falando como um jovem, um estudante no auge da sua juventude".