Até aqui nos ajudou o Senhor

China suspende a compra de carne de três processadoras nacionais

01/07/2020

O ministério da Agricultura anunciou na segunda-feira, que a China suspendeu a importação de carne de três processadoras nacionais. O ministério não quis divulgar as empresas que tiveram suas habilitações de exportação suspensa. O motivo formal é a preocupação de conter o novo surto da epidemia da Covis-19. No comunicado, a ministra Tereza Cristina acrescentou que o órgão chinês responsável pela área (GACC), solicitou recentemente informações sobre alguns estabelecimentos brasileiros que exportam para a China e que tiveram notícias divulgadas na imprensa do país sobre casos da covid-19 entre seus trabalhadores. O ministério está buscando junto ao órgão Chinês, informações das razões da suspensão dos estabelecimentos. Além disso iniciou uma rodada de negociações, visando a retomada dos nossos produtos e da exportação. Por parte do próprio ministério, houve uma suspensão voluntária de um estabelecimento que teve suas atividades paralisadas judicialmente por falhas nas atividades de prevenção da Covid-19. A BRF, maior exportadora de frango no mundo e fornecedora também de carne suína, disse à Reuters na semana passada que assinou a declaração pedida pela China "assegurando a qualidade e segurança de seus produtos". A assinatura foi feita apesar de não haver evidências de que a covid-19 seja transmitida por alimentos ou suas embalagens, segundo a Organização Mundial da Saúde (OMS) e outras autoridades de saúde.