Até aqui nos ajudou o Senhor

Mal exemplo é o que não falta! 

01/07/2020

Tudo que deveria ser referência e exemplos a serem seguidos por nós, estão se tornando péssimos para serem copiados. Ontem (30) do general Pazuello ministro da Saúde , compareceu a um evento no Planalto sem máscara e cumprimentando a todos com fortes apertos de mão. Contrariando o que recomenda às autoridades sanitárias da sua própria pasta. Ao perceber a falha cometida e cerca de 10 minutos depois, uma assessora lhe repassou álcool em gel e uma máscara, que ele passou a utilizar até o final da cerimônia. Outros ministros que também prestigiaram o evento estavam de mascaras, Paulo Guedes (Economia), Augusto Heleno (Gabinete de Segurança Institucional), Luiz Eduardo Ramos (Secretaria de Governo),André Mendonça (Justiça), Ernesto Araújo (Relações Exteriores), Tarcísio Gomes de Freitas (Infraestrutura). Só o ministro da Cidadania Onyx Lorenzoni chegou usando o equipamento de proteção, mas removeu durante o evento. Um evento por sinal desnecessário, "celebrar a prorrogação do pagamento do auxílio emergencial", que embora já tenha atendido a muitos brasileiros que precisam, também já checou a muitos que não necessitam. Lembrando que no Distrito Federal, um decreto estabelece a obrigatoriedade de máscara "em todos os espaços públicos, vias públicas, equipamentos de transporte público coletivo, estabelecimentos comerciais, industriais e de serviços e nas áreas de uso comum dos condomínios residenciais e comerciais". O descumprimento acarreta uma multa de R$ 2 mil.