Tremores  de terra ainda podem ocorrer em Muriaé (MG) 

27/02/2020
Foto Montagem/
Foto Montagem/

A Defesa Civil de Muriaé MG recebeu entre os dias 21 e 25 de fevereiro mais de 400 ligações de moradores relatando tremores. Na sexta-feira (21), o Laboratório Sismológico da Universidade de Brasília (UnB) confirmou que dois abalos atingiram o município, o maior com magnitude de 2,4 graus na escala Richter. O tremor foi sentido em vários bairros da cidade. Defesa Civil enviou técnicos aos bairros Gaspar, Aeroporto e Safira, onde moradores informaram aparecimento de trincas após os tremores, segundo as análises nenhum imóvel corre risco, ou precisaram ser interditados. Em nota a Prefeitura da cidade informou "os tremores de terra no município provavelmente estão sendo provocadas por acomodação natural das rochas que formam a crosta terrestre e que não há como prever se novos abalos vão ocorrer". De acordo com moradores dos bairros afetados os tremores são semelhantes "a um caminhão pesado passando em cima de uma ponte em que você está", dentro de casa as portas de madeira batem e as de vidro vibram fortemente. De acordo com o laboratório sismológico o grau dos tremores, ao menos por enquanto, não apresentam riscos.