Até aqui nos ajudou o Senhor

1500% em 48 horas

29/02/2020

Não é para fomentar pânico, mas sim para aumentar nosso grau de atenção. Ao que parece segundo fontes diretamente ligadas ao plantão jornalístico no Ministério da Saúde, o governo está fazendo seu papel. E isso já é um alento. Entretanto o número de casos suspeitos no país, deu um salto de cerca de 1500% em menos de 48 horas. Um boletim na quarta-feira (26) informava a existência de 20 casos em análises, agora já são 132, e existem pelo menos 213 notificações o que eleva o número a mais de 300 casos suspeitos. De acordo com o secretário-executivo do Ministério da Saúde, João Gabbardo." A grande maioria dos casos pendentes vão entrar para a lista de suspeitas, mas não podemos garantir que serão 100%", isso porque alguns são descartados antes mesmo de serem analisados. Já que os critérios usados para classificar suspeitos são comuns o paciente deve apresentar febre e algum outro sintoma respiratório ou ter viajado para algum país onde houve ao menos cinco casos de transmissão local do vírus ou ter entrado em contato com um caso suspeito ou confirmado. Enfim, repetimos não existe necessidade de pânico, as autoridades de saúde em todas as esferas de governo estão trabalhando em conjunto para conter os riscos no país. Cabe a cada um de nós seguir as dicas de segurança, principalmente de higiene, que estão sendo amplamente divulgadas.