Até aqui nos ajudou o Senhor

Por falta de vestimentas cirurgias são suspensas no  Hospital João Penido em Juiz de Fora

10/11/2019
Foto Divulgação/Arquivo Acessa.com
Foto Divulgação/Arquivo Acessa.com

Até seria cômico, se não fosse trágico, a matéria noticiada pelos jornais da região, da paralisação de realização de cirurgias eletivas no Hospital Regional Doutor João Penido. Por conta de falta de vestimentas para o centro cirúrgico. A nossa reportagem o SindSaúde-MG em Juiz de Fora, declarou que os profissionais resolveram pela paralisação, porque a situação tem sido recorrente. De acordo com o apurado, a unidade estaria negociando, rouparia de qualidade inferior e muitas vezes já desgastadas (o chamado segunda linha). Até o fechamento desta edição e Fhemig, não se pronunciou a respeito dos fatos, apenas disse que é uma situação pontual, restrita ao João Penido, não se estendendo a outras unidade da rede. Fato contradito por Samantha Borchear titular da Ouvidoria de Saúde, que diz que a situação se repete em todas as unidades da Fhemig. Uma investigação sobre as causas deste desabastecimento de rouparia precisa sim ser realizada internamente. Os usuários se satisfazem com a notícia de que a que a questão foi solucionada e as cirurgias eletivas do Hospital Regional Doutor João Penido serão retomadas na próxima segunda-feira (11). Durante o cancelamento mais de uma dúzia de cirurgias deixaram de ser realizadas, um transtorno para quem precisa. A secretaria de Saúde deixou claro que, as cirurgias de urgência, não deixaram de ser realizadas, ontem (8), três procedimentos, de pacientes encaminhadas pelas UPAs, foram realizados na unidade. O que é muito bom saber. De acordo com a Subsecretaria de Regulação a expectativa é de que as cirurgias reagendadas sejam realizadas ainda em novembro

 Fonte