Até aqui nos ajudou o Senhor

Duas legendas querem o numero '38' quem vai levar?

24/11/2019

Em sua live semanal no Facebook, o presidente Jair Bolsonaro, justificou a escolha do número '38' para sua legenda, dizendo "tínhamos poucas opções, mas acho que o 38 é um número mais fácil de gravar". Entretanto a criação do seu partido tem tido alguns percalços pelo caminho. Primeiro em razão a coleta de assinatura, embora a coleta da assinatura digital não esteja descartada para o futuro, fontes dizem que não existe tempo hábil para desenvolvimento de um sistema desse porte para as próximas eleições municipais 2020. Outro fator que pesa na decisão de homologar a legenda é que outros 70 partidos, encontram-se em fase de análise mais adiantadas do TSE, e dificilmente seria possível passá-lo à frente dos demais. E por fim, outro partido em fase final de criação junto ao TSE já requereu o '38' para sua legenda. Trata-se do PMB (Partido Militar Brasileiro), de acordo com o deputado Capitão Augusto articulador da nova legenda. "Não vamos abrir mão do número, quem conseguir homologar primeiro fica com o 38", afirmou. Augusto coordena a bancada da bala na Câmara dos Deputados. Segundo ele, o número foi escolhido através de uma enquete entre apoiadores. "Ganharam o 38 e o 64", contou Augusto, dizendo que a outra opção de número foi uma homenagem a 1964, ano de instauração da Ditadura Militar (1964-1985) no Brasil, que o deputado chama de "revolução que salvou o País do comunismo". Se o partido do presidente conseguir o numero '38' ficaremos com nossa segunda opção, mas a decisão caberá ao TSE.