Até aqui nos ajudou o Senhor

Números do governo mostra garantia de releição Pesquisa do Datafolha aponta que 80% não confiam nele

08/12/2019

Uma CPMI é instalada para combater as Fakes News, e enquanto senadores e deputados, tentam justificar seus altos salários em intermináveis oitivas. Somos atingidos de todos os lados por notícias Fakes. Sites noticiaram que mesmo tendo o ex presidente Lula próximo, Bolsonaro seria reeleito, se as eleições fossem hoje. Ontem porém outra notícia coloca abaixo esta estatística. Segundo uma pesquisa realizada pelo Datafolha que ouviu 2.948 pessoas em 176 municípios do Brasil e tem margem de erro de dois pontos percentuais. Somente 14% dos entrevistados dizem ser adequadas às atitudes do presidente, que ele se comporta de maneira adequada ao cargo. Outros 28% afirmaram que, na maioria das vezes, ele se comporta de acordo com o esperado. Já para 25%, ele se comporta de forma adequada somente em algumas situações, quando lhe convém. 80% dos entrevistados declararam que não tem mais confiança nas declarações de Bolsonaro, desse número 43% mais da metade, afirmaram que não confiam em nenhuma situação. Nunca nos últimos 20 anos, nenhum governo apresentou tamanho desgaste já no primeiro ano de mandato. Além da rejeição popular e do fato do arrependimento de muitos eleitores. O presidente também coleciona derrotas junto ao legislativo, das Medidas Provisórias (MPs), apresentadas por Bolsonaro, 20 já foram incluídas na pauta e dessas 20, 11 caducaram ou foram rejeitadas e somente 9 foram aprovadas. Outras 18 estão aguardando votação. Comparando-se com o primeiro ano dos últimos governos, essa é a pior marca alcançada por um presidente da República. Somente muito trabalhos e grandes resultados, reverterão essa situação em 2020.