Até aqui nos ajudou o Senhor

Mantenha os amigos sempre perto de você e os inimigos mais perto ainda". Lao Tsé

10/12/2019

Uma ironia desconcertante, a impopularidade do presidente segue em ascendência contínua. Enquanto isso alguns de seus auxiliares direto tem aprovação maiores que ele. Paulo Guedes, Damares e o ministro Moro são alguns deles. No que diz respeito aos dois primeiros nenhum deles, pelo menos por enquanto tem projetos presidenciais. Já o ministro Moro, por outro lado, apesar das negativas, vê crescer uma movimentação a sua volta que não deixa dúvidas de que tem se tornado uma opção da extrema direita para 2022. Qual será os próximos passos do governo. Se o presidente fosse adepto a cultura, diria que usaria uma frase de Lao Tsé, para viver o momento "Mantenha os amigos sempre perto de você e os inimigos mais perto ainda". Com um desgaste crescente e um pré-candidato dentro de casa, o que fará o presidente. Ao que tudo indica o réveillon do Planalto não será muito tranquilo. Mesmo que ainda faltem mais de três anos para a próxima eleição presidencial. Uma única certeza fecha o ano de 2019 Jair Bolsonaro, conhecido pelo sua preocupação com os que o cercam e um rei de copas que corta a cabela dos que lhe incomodam, vai ficar ligado em Moro.