Devastação da Amazônia sobe 10,6% em relação e junho de 2019 de acordo com "Sistema Deter"

11/07/2020

Depois de reunião com investidores internacionais, na tentativa de retornar com os fundos da Amazônia, o vice-presidente Hamilton Mourão disse que os investidores querem ver ações concretas contra a destruição da Amazônia. O sistema Deter (Detecção de Desmatamento em Tempo Real), apontou recorde de alerta de desmatamento. O mês de junho superou toda a série histórica com uma área desmatada de 1.034.4 Km², um número 10,6% maior que junho de 2019 e 24,31% em relação a maio. Os números foram atualizados ontem (10). Os dados do sistema Deter servem de indicação às equipes de fiscalização sobre locais com suspeita de crime ambiental em curso. Os números oficiais são medidos por outro sistema do Inpe (Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais) e tem divulgação anual. Em 2019 o governo desmentiu os dados e causou o cancelamento do envio dos recursos ao fundo.