Governador Romeu Zema de Minas Gerais decreta calamidade publica no estado em razão do coronavirus

31/03/2020

O governador Romeu Zema decretou em Minas Gerais, estado de calamidade pública, para enfrentar o avanço do coronavírus no estado. Uma das principais medidas foi editar o decreto estadual de fechamento dos estabelecimentos comerciais que não estiverem enquadrados nos serviços essenciais, em todos os 853 municípios do estado. As fronteira intermunicipais também serão fechadas, para transporte terrestre de passageiros, e ainda essa semana deverá haver um acerto para o fechamento dos aeroportos. O governador deixou claro na Live, que todas as medidas foram tomadas, tendo por base o acompanhamento dos dados técnicos da situação da crise, ele também não descartou novas medidas restritivas. O fechamento das redes de ensino se ampliou para as redes particulares, a partir de agora todas as instituições federal, estadual, municipais e particulares, em todos os níveis. De acordo com a medida, as aulas da rede estadual continuam a ser ministradas durante este período, para os alunos com acesso a internet através de vídeo aulas, para os poucos que não tem, o estado providenciará o material didático que será distribuído semanalmente de uma forma que garantirá a efetiva segurança de todos. O governador só não pode esquecer o respeito aos prefeitos, que lutam em suas cidades para cuidar do povo, que também tem garantias constitucionais dentro de suas cidades, isso para não correr o risco de ficar como o presidente que todos os poderes da nação tem ignorado.