Até aqui nos ajudou o Senhor

Enquanto a crise de saúde publica cresce ministério da Educação corta recursos cientifico

28/03/2020

Enquanto o país espera ansioso o desenrolar da crise do coronavírus que a cada dia contaminar mais pessoas em todo o Brasil. O ministério da Educação promove em silêncio, mais uma ataque a comunidade acadêmica científica do país, especialmente às ciências humanas. Uma portaria do Ministério da Ciência, Tecnologia, Inovações e Comunicações (MCTI), publicada nesta terça-feira, 24, excluiu a área de Ciências Humanas das prioridades de projetos de pesquisa no Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico (CNPq) até 2023. Além a visão apequenada de que o fomento à ciência tem de dar retorno imediato, a Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior (Capes) alterou na semana passada regras para concessão de bolsas que haviam sido publicadas em fevereiro, tudo para ir ao encontro da visão do governo federal. O que certamente é um retrocesso.