Até aqui nos ajudou o Senhor

Dados se refutam com dados

29/03/2020

O tímido achatamento nos indicadores de progressão do coronavírus no país, especialmente em São Paulo, já é uma esperança, certamente vai permitir flexibilizar nos próximos dias as medidas de isolamento e contenção da população, isso é, o que todos nós esperamos. Mas o FATO relevante é que um grupo de estudos epidemiológicos do Instituto Butantan e especialistas do centro de contingência do governo de São Paulo, concluíram que a taxa de contágio no estado, caiu depois que as medidas de distanciamento social foram adotada. A métrica do estudo mostra que em 16/03 era de 1-6 ou seja uma pessoa transmitia para outras seis, em 20/03 esse número passou 1-3, e na conclusão da pesquisa em 25/03 o número apresentava uma curva descendente de 1-2. O estudo comparou a evolução a nível Brasil, no mesmo período o total, os casos passaram de 234 para 2.433 infecções, um crescimento de 939,7%. Alguns outros estados também estão sentindo o achatamento da curva. O gerenciamento de crise se faz assim, dados estatísticos para viabilizar uma ideia. Lembrando que pesquisas servem para serem refutadas, mas para isso é dados por dados.