Até aqui nos ajudou o Senhor

Secretário-executivo do ministério da Saúde garante, ta dando certo não se mexe 

29/03/2020

De acordo com secretário-executivo do ministério da Saúde, João Gabbardo dos Reis,.os insistentes apelos do presidente da república, para forçar a população a abandonar o isolamento social, não muda em nada a política de contenção a pandemia, programada pela pasta. Gabbardo chegou a dizer que as declarações do presidente ao menos no momento, não devem nem ser analisadas, a pasta não vê nenhum sentido. Sua fala não modificam em nada as orientações do Ministério da Saúde, que continuam sendo as mesmas. Ele prosseguiu: "pacientes com sintomas devem ficar em isolamento. Familiares dos pacientes com sintomas devem ficar em isolamento. Pessoas que tenham comorbidade, doenças crônicas devem ficar em isolamento, independentemente da idade. Pessoas com mais de 60 anos devem ficar em isolamento. Todos devemos diminuir a circulação para evitar aglomerações. Essas medidas do Ministério da Saúde em nada foram modificadas e continuarão sendo as mesmas." Além disso o STF autorizou aos estados e municípios, legislarem sobre a crise, ou seja governadores e prefeitos podem baixar decretos e portarias para organizar as ações contra a pandemia.