Inércia do ministério do Meio Ambiente põem em risco acordo Mercosul - UE

06/03/2020

Além de prejuízo incalculável ao meio ambiente do país, a falta de ação da pasta pode agora provocar grandes prejuízos financeiros. O embaixador da Alemanha no Brasil, Georg Witschel, disse durante um evento que o acordo de livre comércio entre Mercosul e União Europeia não será ratificado pela parte europeia caso o governo brasileiro não reduza o desmatamento. De acordo com o embaixador "Se o governo não conseguir lutar contra o desmatamento ilegal e reduzi-lo para as taxas de 2017, eu acho que não tem nenhuma chance de ratificar [o acordo] na Alemanha e o [presidente da França Emmanuel] Macron e outros ficarão bem felizes sobre isso", tendo em vista a total falta de diplomacia que o governo brasileiro usou para com eles. O embaixador alemão disse que notícias negativas sobre o desmatamento no Brasil fazem com que membros do parlamento europeu sejam questionados nos distritos. Segundo Witschel, o ministro Salles tem pouco ou nenhum preparo para falar de meio ambiente, assusta ouvir de um governo a loucura que "mudança climática é mentira". "Isso coloca um risco altíssimo para a ratificação [do acordo]", disse.