Pimenta nos olhos dos outros é refresco

20/12/2019

O presidente Jair Bolsonaro, o mesmo que prometeu colocar ministros envolvidos com corrupção no pau de arara, agora minimiza o envolvimento do filho Flávio em nepotismo, contratação de funcionários-fantasma, esquema de rachadinha e suspeita de lavagem de dinheiro. O presidente ao ser questionado ontem (19) pela imprensa sobre sua posição nessa investigação, se referiu a ela "O Brasil é muito maior do que pequenos problemas". E disse mais "Problemas meus podem perguntar que eu respondo. Dos outros, não tenho nada a ver com isso". Depois disso ele tentou mudar de assunto com uma insinuação de que a solução para pecuarista baixar o preço da carne, seria permitir a ocupação de terras indígenas. O preço da carne subiu. Nós temos de criar mais bois aqui, para diminuir o preço da carne e eles podem criar boi" disse Bolsonaro. Pimenta nos olhos dos outros é refresco.