Até aqui nos ajudou o Senhor

Posse dos novos Conselheiros Tutelares de Juiz de Fora é suspensa em mais um capitulo da novela.

04/01/2020

A posse dos novos Conselheiros Tutelares de Juiz de Fora, marcada para ocorrer no próximo dia 8, na Casa dos Conselhos no centro da cidade, foi suspensa por uma liminar emitida pelo Juiz Ricardo Rodrigues de Lima. Após a confirmação oficial do resultado das eleições, nove conselheiras tutelares, candidatas à reeleição para 2020-2024, entraram na Justiça pedindo anulação do processo seletivo, por suspeita de improbidade administrativa durante o processo. De acordo com informações do Dr. Fabricio Rocha, advogado que representa as conselheiras autoras "Obtivemos a liminar. Agora é aguardar a audiência de instrução para tentar na análise anular o processo. Como eu disse, a sentença suspendeu a posse e manteve as atuais conselheiros no cargo. A liminar satisfaz no primeiro momento. Mas a intenção é anular a eleição e retorne na aplicação de prova teórica, informática e exames para depois ir para a parte de eleição". O porta voz da Prefeitura de Juiz de Fora informa que, tão logo a "Procuradoria Geral do Município" receba o despacho com a decisão final proferida, irá analisar todas as possibilidades no sentido de revertê-la. Até lá, cumpra-se a decisão judicial.