Pra' quem acha que os livros didáticos tem muita coisa escrita

10/01/2020

Não passava na redação de ENEM. O ministro da Educação, Abraham Weintraub, cometeu mais um erro crasso de português em sua conta no Twitter e virou piada de novo, depois de escrever "imprecionante" em vez de "impressionante" em resposta a uma publicação do deputado Eduardo Bolsonaro. Isso mostra indiscutivelmente, a qualidade do primeiro escalão do governo. Um internauta escreveu, "O ministro da Educação escrevendo 'imprecionante' é o reflexo da realidade da educação brasileira". Seria natural um erro, se não fosse recorrente, em dezembro, Weintraub cometeu outro grave erro de português ao escrever "antessessores" ao invés de "antecessores". E não adianta tentar recolher, derramou ja era, mesmo após o ministro ter apagado o tuíte, internautas conseguiram printar e a imagem viralizou nas redes. Sem comentários!