Até aqui nos ajudou o Senhor

Ministro Abraham Weintraub apresenta novo projeto para por fim ao Enem

07/02/2020

O ministério da Educação protagonizou o maior vexame nacional na realização da provas do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) 2019. Para evitar que tal fato se repita, a equipe do grande ministro Abraham Weintraub, já estuda por fim a prova. O Ministério da Educação quer substituir o Exame por provas distribuídas nos três anos do ensino médio regular. Tecnicamente, significa o fim do Enem. Durante os três anos regulares as notas do novo exame somadas, comporiam a nota do estudante para disputar vagas no ensino superior. A ideia é começar a aplicação para alunos do 1° ano já em 2021 e ampliar de forma gradual. A ideia é tão insana, que nem parece ser verdade. Ao invés de corrigir as falhas e aperfeiçoar um sistema que já deu prova que tem tudo para funcionar com precisão, a equipe do MEC pretende iniciar um novo processo, que inicialmente tem a falha de atravessar de uma gestão para outra, já que o cronograma inicialmente traçado prevê a incorporação das turmas de 2º ano em 2022 e as de 3º ano em 2023, quando todo o ciclo regular do ensino médio estaria sendo atendido. Escolas públicas e privadas passariam pelo exame seriado. O Inep (Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira), já analisa a viabilidade desse novo processo.