Paulo Guedes faz discurso totalmente dissonante das declarações do chefe

14/07/2020

Em um discurso totalmente dissonante das declarações do chefe, o ministro Paulo Guedes elogiou a atuação de governadores e prefeitos, que segundo ele priorizaram "salvar vidas". Guedes destacou a atuação do governo e apoiar as ações descentralizadas, em relação aos estados e municípios que mantiveram a quarentena, ele os chamou de "estados cuidados, onde a doença não avançou tão rapidamente". Seria cômico, se não fosse trágico. O que vemos na realidade é uma disputa entre os governadores que defendem a quarentena e o ministério da Saúde e o presidente, que afirmam que o confinamento levaria uma crise econômica. As ações do presidente colocou os olhos no mundo sobre o Brasil e a tentativa de fazer um discurso politicamente correto de Paulo Guedes foi mais uma vergonha nacional.