Operação "Direto com o Dono" prende diretor do grupo Ricardo Eletro Ricardo Nunes e outras pessoas

09/07/2020

Uma operação movida por um grupo de trabalho formado pelo MPMG (Ministério Público de Minas Gerais) Receita Estadual e Polícia Civil, cumpriu ontem (8) três mandados de prisão e 14 de busca e apreensão. Na operação "Direto com o Dono". Foram presos o empresário Ricardo Nunes (Ricardo Eletro), sua filha Laura Nunes e seu irmão Rodrigo Nunes. Os mandados estão sendo cumpridos nos municípios de Belo Horizonte, Nova Lima e Contagem, em Minas, além da capital paulista e Santo André. O objetivo da operação e o combate à sonegação fiscal e lavagem de dinheiro em Minas Gerais. De acordo com as investigações Nunes, fundador da rede varejista Ricardo Eletro, teria sonegado cerca de R$ 400 milhões em ICMS. Os investigadores apontam que filiais da rede cobravam dos consumidores, o imposto embutido no valor dos produtos, mas não realizavam o repasse, retendo os valores. A empresa estava em recuperação financeira judicial, já havia fechado várias filias e demitido vários colaboradores.