Até aqui nos ajudou o Senhor

Errar é humano... 33 vezes e vergonhoso

15/12/2019

O ministro da Educação, Abraham Weintraub, pode ser bom (?) em ataques verbais a internautas, se fosse hoje passar pelo Enem certamente tomaria pau na prova de redação. Algumas atividades não podem errar em concordância gramatical e no próprio texto. Weintraub, em uma postagem em seu Twitter escreveu "Antessessores", uma rápida leitura e o próprio corretor do Windows já colocaria o certo "antecessores". Isso talvez porque o ministro ache que somos um povo de classe baixa e não sabemos ler, seus projetos disse ele, são para a classe média. Um levantamento realizado pelo site de esquerda DCM (Diário do Centro do Mundo) aponta que entre os dias 25 de junho a 22 de agosto o ministro cometeu simplesmente 33 erros de língua portuguesa em seu Twitter. Os internautas não perdoaram a falha e postam os erros de Weintraub nas redes sociais. Não adianta se irritar Senhor Ministro, se não sabe estude o "Google tá aí pra' isso".