As intoxicações por dietilenoglicol da Backer continua a matar

10/03/2020

Os casos de intoxicação por dietilenoglicol, continuam levando os pacientes a óbito. Na madrugada de ontem (9), morreu o sétimo paciente. Ronaldo Vitor Santos, de 49 anos, estava internado em um hospital particular no Barreiro. Além dele outras 38 vítimas estão com a intoxicação, contraídas a partir da ingestão de produtos da cervejaria Backer. A Polícia Civil confirmou que o corpo está sendo necropsiado no Instituto Médico Legal (IML). A presença da substância tóxica e letal nas marcas da Cervejaria foi confirmada através de exames. A Secretaria Estadual de Saúde resolveu ampliar as investigações a procura de episódio precedente envolvendo a ingestão das marcas da Backer que pode ser associado a uma intoxicação por dietilenoglicol. Ou seja, existe a suspeita de casos anteriores ao registrado em 5 de janeiro. As investigações continuam, a cervejaria tem bens no valor de 5 milhões bloqueados, depois de um acordo a justiça resolveu baixar para esse valor e permanece som produzir.