Retaliação ou censura o resultado é o mesmo

08/03/2020

A situação da censura no país está cada vez mais explícita. Em uma reunião fechada com empresários na Fiesp. O presidente sugeriu que esses não anunciem suas marcas e produtos em veículos de mídia que não estejam alinhadas ao governo federal. Cerca de 40 empresários participaram da reunião, que marcou a fundação do "Conselho Superior Diálogo pelo Brasil". Mais uma vez o presidente se vitimizou, nas redes sociais na semana passada ele já havia falado dessa possibilidade "não anunciem em veículos de comunicação que só mentem o tempo todo e trabalham contra o governo". Ele afirmou que há jornais e jornais, e que os empresários deveriam escolher os de grande circulação e que compartilhem uma visão otimista da economia do governo. Nessa seleção governamental a Secom excluiu da cobertura da viagem a Washington do presidente, os correspondentes da Folha de São Paulo.