Família questiona critérios para concessão de homenagem

12/12/2019

A família do ex-prefeito do Rio de Janeiro que dá nome a mais alta condecoração do estado a "Medalha Pedro Ernesto". Enviou uma carta ao Legislativo municipal, repudiando a indicação, aprovação e concessão de medalha ao 'astrólogo' Olavo de Carvalho, guru do clã bolsonaro. Em um trecho da carta que será lida em plenário da Câmara pode ser lido "É a terceira vez que questionamos essa falta de critérios na entrega da mais alta comenda do município a figuras inteiramente desqualificadas para tal, como milicianos e bicheiros". Em seu currículo o guru, recentemente foi reconhecido culpado e teve confirmada sua sentença condenatória, pela juíza Cristina Lajchter, do Tribunal de Justiça do Rio de Janeiro. Condenado a excluir de suas redes sociais uma série de publicações em que relacionava o músico à pedofilia. Destacou que as postagens, que resultaram na hashtag #CaetanoPedófilo" foram criadas "com único e evidente intuito de ofender" o músico. Por descumprimento da decisão judicial, o cantor e compositor Caetano Veloso entrou com uma ação contra Olavo de Carvalho, pedindo que este pague uma multa de R$ 2,8 milhões. Especialista na disseminação de Fake News, este será o homenageado com a Medalha Pedro Ernesto no Rio de Janeiro