Até aqui nos ajudou o Senhor

Carne, feijão e combustíveis puxam alta no IPCA 2019

11/01/2020

Historicamente o mês de dezembro sempre puxa altas no IPCA (Índice de Preços ao Consumidor Amplo), que mede a inflação oficial no país. Entretanto esse índice acumulou em 2019, um avanço de 4,31%, acima da alta de 3,75% registrada em 2018. Os itens que mais puxaram esses índices foram, a carne que acumulou aumento de 32,4%, sendo um dos gastos que mais puxaram a alta e o feijão, que ficou 55,99% mais caro. Com isso, a inflação ficou acima do centro da meta do governo, de 4,25%, depois de dois anos terminando o período abaixo. Demonstrando a incapacidade da equipe econômica. Com isso, o grupo Alimentação e bebidas registrou alta de 3,38% em dezembro, maior variação mensal desde dezembro de 2002 (+3,91%). O que também concorreu para esse resultado, foi a expressiva alta dos combustíveis, gasolina subiu 3,36% e o etanol, 5,50%. De acordo com analistas econômicos o cenário de baixa taxa básica de juros Selic, tem haver com o fraco controle da inflação, eles avaliam que o ciclo de afrouxamento monetário está muito perto do fim.