Apagão no Bolsa Família

30/01/2020

Uma das grandes marcas do governo é discutir propostas de reformulação de programas que dão certo, para torná-lo ineficazes. As filas do programa Bolsa Família estavam zeradas e voltam a existir, por conta da redução do número de famílias atendidas. O governo alega falta de recursos para incluir novas pessoas. O orçamento inicial para 2020 está previsto em R$ 30 bilhões, para inclusão de famílias e pagamento do 13° salário. De acordo com o ministro Osmar Terra "A proposta de reformulação do programa que está sendo discutida pelo governo federal já prevê incremento dos recursos para o Bolsa Família", o que deverá normalizar número de inclusões de famílias. O número de beneficiários flutua mensalmente em virtude dos processos de inclusão, exclusão e manutenção de famílias, no processo de reformulação. Esperemos que isso não gere mais um apagão, como o do INSS.