Medico alerta sobre a miopia precoce

12/02/2020

Um alerta importante, para os pais que pensam estar acalmando seus filhos colocando um celular com joguinhos em suas mãos. O Dr. Henrique Dal Fior, oftalmologista da Fundação Hilton Rocha, diz. Faz mal, sim, os jovens e crianças em desenvolvimento da visão que usam muito perto o aparelho por tempo contínuo. O olho é feito para trabalhar tanto para leitura de longe quanto para leitura de perto, estamos vendo que as crianças estão cada vez mais cedo com tablets e celulares e não estimulam a visão de longe. Essa ocorrência tem levado ao que segundo Dal Fior, tem sido chamado de miopização da população. Hoje existem muito mais pessoas míopes do que tinham antigamente e a miopia está chegando mais cedo. Existem vários estudos que comprovam isso", garante o médico. Ele citou os aplicativos WhatsApp e Instagram que já desenvolveram um sistema que deixa a tela do celular mais escura no período noturno, para agredir menos a visão. As luzes de led que iluminam as telas dos celulares e monitores de computadores, fazem mal, principalmente à noite. Ela (a luz) acaba interagindo com o nosso ciclo circadiano, que é importante para o funcionamento normal do ser humano. Então, aquela luz que à noite fica o tempo todo no celular acaba inibindo a liberação normal dos hormônios e até um sono melhor", explica. Além da miopia precoce, o médico afirma que a luz azul, também emitida pelos celulares, é outra preocupação. "Essa luz azul é relacionada a fatores de risco para algumas doenças, como a DMRI e a catarata. FiqueDeOlho, a dica é, moderação.