Presidente faz pronunciamento e não diz nada. Enquanto isso sobe para 13 o numero de casos confirmados

07/03/2020

O mais recente balanço divulgado pelo ministério da Saúde sobre o coronavírus, apontam para um dado assustador. Ontem (6), o boletim dava conta de 13 casos confirmados, eram dois na segunda-feira, oito na quinta-feira. No boletim anterior o número de casos suspeitos eram 635, ontem esse número subiu para 768. A novidade são os casos de transmissão local. Pessoas que foram infectadas sem terem estado em locais suspeitos. São Paulo continua concentrando o maior número de casos confirmados. Está na hora de medidas mais diretas, por parte do ministério da Saúde, antes que saia de controle e gere pânico nas pessoas. O ministro Luiz Henrique Mandetta diz que deverão ser divulgadas novas medidas para o enfrentamento do vírus. A ampliação do horário de funcionamento das unidades básicas de saúde é uma delas. Vale lembrar que os custos relativos a mãos de obra especializada nas UBS são de responsabilidades dos municípios, o que torna essa medida ineficaz. Uma mudança nos protocolos de isolamento também deverá ser editada, uma das perguntas que vem povoando as internet é, porque os brasileiros que vieram da China. Mesmo sem apresentarem sintomas ficaram em isolamento por 18 dias, e estes casos confirmados estão em casa? Ontem o presidente fez um pronunciamento a nação "Os casos começaram a aparecer no Brasil e estão se multiplicando. Lógico que pode aumentar bastante, tá? Mas a melhor maneira de você evitar o problema é não entrar em pânico e seguir as orientações. Iríamos passar por isso mais cedo ou mais tarde". No entanto não deu nenhuma informação a respeito das estratégias que serão postas em prática " ainda que a crise possa se agravar" quem foi o gênio que redigiu isso?