Até aqui nos ajudou o Senhor

Conselho Municipal de Saúde de Belo Horizonte - MG pede lockdown ao prefeito Alexandre Kalil

04/07/2020

Os conselheiros do CMS-BH (Conselho Municipal de Saúde de Belo Horizonte), encaminharam ao prefeito Alexandre Kalil, ontem (3), um documento solicitando que o prefeitura adote, imediatamente, o "lockdown" na capital do estado de Minas Gerais. O documento foi endereçado ao chefe do Executivo e ao Secretário Municipal de Saúde, Jackson Machado. A justificativa não poderia ser outra, a alta da ocupação dos leitos nas últimas semanas. Entre a semana de 26/06 a 03/07, a taxa de ocupação dos leitos na capital subiu de 86% para 87%. O CMSBH entende que, apesar de ser uma medida drástica, é a alternativa mais adequada para reduzir a taxa de ocupação tanto nos leitos de CTI e quanto de enfermaria, e evitar, assim, a morte por desassistência de usuários e usuários do SUS na capital mineira", diz a entidade, em nota. O Conselho Municipal de Saúde destaca ainda, que a alta incidência de contaminação e a falta de leitos de UTI, são considerados situação "vermelhas" pelos critérios do Comitê de Enfrentamento ao Coronavírus em BH e, "portanto, configuram-se indicações técnicas para o lockdown".