Até aqui nos ajudou o Senhor

Caçador de Corruptos... Será?

18/01/2020

O governo Bolsonaro tá me lembrando muito a eleição de Fernando Collor de Mello que se elegeu sobre o mote de 'Caçador de Marajás', batia na mesa, falava alto e grosso. Sofreu um processo de impeachment estrondoso. O presidente se elegeu vendendo a imagem forte de 'Caçador de Corruptos', mas são tantos os escândalos e suspeitas de corrupção sem punição que a imagem de caçador já se perde no tempo, em tão pouco tempo. Uma pesquisa realizada pela XP Investimentos, mostra que o índice de aprovação do governo que era de 35, caiu para 32 pontos percentuais. A pesquisa mostra uma queda assombrosa na expectativa da população em relação aos próximos três anos. Em janeiro de 2019 quando Bolsonaro foi empossado 63% dos brasileiros tinham uma avaliação positiva do presidente, hoje com muito esforço 40% ainda disseram ter expectativas 'ótima e boa' do governo. A pesquisa foi de abrangência nacional e foi feita e parceria com o Ipespe (Instituto de Pesquisas Sociais, Políticas e Econômicas) realizada com 1000 entrevistados. O mais recente caso de corrupção no governo (suspeito) envolve o chefe da Secom Fabio Wajngarten, de acordo com a denúncia ele estaria ferindo a lei de conflito de interesse e os princípios constitucionais. Ele estaria favorecendo empresas de comunicação, que eram seus clientes na empresa FW Comunicação, onde ele é sócio com 95% das cotas. No cargo de chefe da Secom Fabio era responsável pela distribuição das verbas publicitárias entre as emissoras e não poderia receber dinheiros delas através da FW. O subprocurador-geral no TCU Lucas Rocha Furtado diz haver indicativos de que o secretário implementou na Secom uma política de distribuição de recursos subjetiva, "quer na escolha das empresas contratadas, quer na própria definição do percentual que cabe a cada empresa", o que deveria ser feito com base em critérios técnicos. O justo a se fazer seria no mínimo afastar Fabio das funções até que tudo fosse esclarecido, mais o caçador de corruptos , prfere manter um suspeito de corrupção a seu lado. Porque será?